Crê no Senhor Jesus e Serás Salvo Tu e a Tua Casa É Uma Promessa?

No grupo do WhatsApp do Você Tem Acesso, um irmão me fez uma pergunta bem interessante sobre algo que muitos têm como promessa de Deus: “Pastor Geraldo, em Atos dos Apóstolos 16:31 está escrito ‘Crê no Senhor Jesus e serás salvo tu e tua casa’. Paulo disse isso exclusivamente ao carcereiro ou se estende a nós hoje?”

Neste artigo, quero compartilhar minha resposta ao irmão para juntos refletirmos.

Crê no Senhor Jesus e serás salvo tu e a tua casa

Crê no Senhor Jesus e Serás Salvo Tu e a Tua Casa?

A partir daqui, reproduzo a minha resposta ao irmão.

No meu entendimento não. E explico. É algo polêmico. Equivocadamente, muitas vezes, porque lemos na Bíblia tomamos como verdade absoluta e ponto. Mas vamos lá…

É importante entendermos o motivo de Paulo e Silas estarem lá. Paulo e seus companheiros foram impedidos pelo Espírito Santo de pregar na Ásia.

Paulo teve uma visão de que um homem macedônio o chamava para a Macedônia. Imediatamente, Paulo seguiu para lá.

“E, percorrendo a região frígio-gálata, tendo sido impedidos pelo Espírito Santo de pregar a palavra na Ásia, defrontando Mísia, tentavam ir para Bitínia, mas o Espírito de Jesus não o permitiu. E, tendo contornado Mísia, desceram a Trôade. À noite, sobreveio a Paulo uma visão na qual um varão macedônio estava em pé e lhe rogava, dizendo: Passa à Macedônia e ajuda-nos. Assim que teve a visão, imediatamente, procuramos partir para aquele destino, concluindo que Deus nos havia chamado para lhes anunciar o evangelho.” Atos 16:6-10

Existiam vários propósitos de Deus, para ter impedido Paulo de pregar na Ásia, mas ir para a Macedônia. Entre eles:

Lídia se converteu e foi batizada, além de toda a sua casa.

“Certa mulher, chamada Lídia, da cidade de Tiatira, vendedora de púrpura, temente a Deus, nos escutava; o Senhor lhe abriu o coração para atender às coisas que Paulo dizia. Depois de ser batizada, ela e toda a sua casa, nos rogou, dizendo: Se julgais que eu sou fiel ao Senhor, entrai em minha casa e aí ficai. E nos constrangeu a isso.” Atos 16:14-15

A jovem possessa por um espírito adivinhador foi liberta.

“Aconteceu que, indo nós para o lugar de oração, nos saiu ao encontro uma jovem possessa de espírito adivinhador, a qual, adivinhando, dava grande lucro aos seus senhores. Seguindo a Paulo e a nós, clamava, dizendo: Estes homens são servos do Deus Altíssimo e vos anunciam o caminho da salvação. Isto se repetia por muitos dias. Então, Paulo, já indignado, voltando-se, disse ao espírito: Em nome de Jesus Cristo, eu te mando: retira-te dela. E ele, na mesma hora, saiu.” Atos 16:16-18

O carcereiro e sua família foram salvos.

“E lhe pregaram a palavra de Deus e a todos os de sua casa. Naquela mesma hora da noite, cuidando deles, lavou-lhes os vergões dos açoites. A seguir, foi ele batizado, e todos os seus.” Atos 16:29-33

Quando Paulo expulsou o demônio que havia naquela jovem, que era serva de senhores, ela parou de gerar lucro a eles através da adivinhação. E, assim, os senhores os levaram às autoridades que, unidos à multidão, os açoitaram e os entregaram ao carcereiro.

Atos 16:19-24
19 Vendo os seus senhores que se lhes desfizera a esperança do lucro, agarrando em Paulo e Silas, os arrastaram para a praça, à presença das autoridades;
20 e, levando-os aos pretores, disseram: Estes homens, sendo judeus, perturbam a nossa cidade,
21 propagando costumes que não podemos receber, nem praticar, porque somos romanos.
22 Levantou-se a multidão, unida contra eles, e os pretores, rasgando-lhes as vestes, mandaram açoitá-los com varas.
23 E, depois de lhes darem muitos açoites, os lançaram no cárcere, ordenando ao carcereiro que os guardasse com toda a segurança. Este, recebendo tal ordem, levou-os para o cárcere interior e lhes prendeu os pés no tronco.

Paulo e Silas oravam e cantavam na prisão, houve um grande terremoto e as cadeias de todos se abriram.

Por volta da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam louvores a Deus, e os demais companheiros de prisão escutavam. De repente, sobreveio tamanho terremoto, que sacudiu os alicerces da prisão; abriram-se todas as portas, e soltaram-se as cadeias de todos.” Atos 16:25-26

Está gostando do artigo? Então cadastre seu e-mail abaixo para se juntar a vários leitores abençoados do Você Tem Acesso e ser o primeiro a receber novos conteúdos, aprender como ler a Bíblia e crescer espiritualmente.

Aprenda em Estudo GRATUITO Como RENOVAR SUA VIDA ESPIRITUAL Com 3 Princípios Bíblicos SIMPLES e PODEROSOS

Ao acordar, o carcereiro viu o que havia acontecido e ficou desesperado porque seria responsabilizado por aquilo. Quando ele iria se suicidar, ouviu Paulo gritar que todos ainda estavam lá.

“O carcereiro despertou do sono e, vendo abertas as portas do cárcere, puxando da espada, ia suicidar-se, supondo que os presos tivessem fugido. Mas Paulo bradou em alta voz: Não te faças nenhum mal, que todos aqui estamos!” Atos 16:27-28

Aí, caiu a ficha do carcereiro… Como poderia alguém que pregou o evangelho e vidas foram salvas, a jovem liberta daquele mal ainda ter a postura honrada de não sair fugido da prisão? Só poderia ser alguém de Deus.

“Então, o carcereiro, tendo pedido uma luz, entrou precipitadamente e, trêmulo, prostrou-se diante de Paulo e Silas.” Atos 16:29

A partir daí, o coração dele se abre e ele faz uma pergunta muito direta e objetiva.

“Depois, trazendo-os para fora, disse: Senhores, que devo fazer para que seja salvo?” Atos 16:30

Então, vem a resposta do versículo 31 de Atos 16.

“Responderam-lhe: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa.” Atos 16:31

Paulo e Silas profetizaram o que iria acontecer. Não declararam uma promessa bíblica a todos, algo que seria uma regra.

Tanto que em Atos 16:32, vemos que a Palavra de Deus foi pregada a todos da casa.

“E lhe pregaram a palavra de Deus e a todos os de sua casa.” Atos 16:32

Logo, todos da casa só foram salvos porque ouviram a pregação da Palavra de Deus. Não porque o carcereiro creu.

Pelo carcereiro já ter crido, por isso ele fez a pergunta do versículo 30, ele abriu a porta para que a família dele também recebesse a pregação.

Ou seja, a família do carcereiro foi salva porque ouviu a pregação da Palavra de Deus. A Palavra de Deus só foi pregada à família do carcereiro porque este abriu a porta de casa para a pregação entrar. E ele só fez isto porque já havia crido.

Se a Palavra não fosse pregada aos da sua família, eles não seriam salvos. Por quê? Porque a salvação é individual.

E veja o versículo 34, a família estava alegre porque creu em Deus.

“Então, levando-os para a sua própria casa, lhes pôs a mesa; e, com todos os seus, manifestava grande alegria, por terem crido em Deus.” Atos 16:34

Se a família do carcereiro não tivesse crido, por ter ouvido a Palavra, não seria salva.

Eu, então, finalizei minha resposta ao irmão que compreende a explicação, mas acrescenta uma dúvida final.

“Muito obrigado, foi muito bem explicado e entendi, não basta eu crer para minha família ser salva, mas abrindo a oportunidade deles ouvirem e aceitarem a palavra. Fica meio no ar o fato do carcereiro levar Paulo e Silas para sua casa e cuidar deles. Com qual autoridade ele pode fazer isso, levando os presos a saírem da cadeia? As coisas acontecem e não há muita explicação. Como foi, eu sempre acho partes na Bíblia que diferem e isso me deixa intrigado, e eu me acho errado em querer uma explicação mais convincente. Não que eu queira ser um agitador, pelo contrário, quero falar da Palavra com muita propriedade, mas as vezes eu tenho dúvidas por não entender.”

Eu continuei respondendo…

Na verdade, o que moveu o carcereiro não foi autoridade humana. Na real mesmo… ele não poderia ter feito isso. Mas o reconhecimento de que eram homens de Deus, foi o que o moveu.

Não sei ao certo se a prisão e a casa do carcereiro ficavam dentro do mesmo complexo. Pode até ser que sim.

Se não, certamente ficavam bem próximos porque quando lemos dos versículos 34 ao 40, fica entendido que pela manhã Paulo e Silas ainda estavam no cárcere.

Atos 16:34-40
34 Então, levando-os para a sua própria casa, lhes pôs a mesa; e, com todos os seus, manifestava grande alegria, por terem crido em Deus.
35 Quando amanheceu, os pretores enviaram oficiais de justiça, com a seguinte ordem: Põe aqueles homens em liberdade.
36 Então, o carcereiro comunicou a Paulo estas palavras: Os pretores ordenaram que fôsseis postos em liberdade. Agora, pois, saí e ide em paz.
37 Paulo, porém, lhes replicou: Sem ter havido processo formal contra nós, nos açoitaram publicamente e nos recolheram ao cárcere, sendo nós cidadãos romanos; querem agora, às ocultas, lançar-nos fora? Não será assim; pelo contrário, venham eles e, pessoalmente, nos ponham em liberdade.
38 Os oficiais de justiça comunicaram isso aos pretores; e estes ficaram possuídos de temor, quando souberam que se tratava de cidadãos romanos.
39 Então, foram ter com eles e lhes pediram desculpas; e, relaxando-lhes a prisão, rogaram que se retirassem da cidade.
40 Tendo-se retirado do cárcere, dirigiram-se para a casa de Lídia e, vendo os irmãos, os confortaram. Então, partiram.

Ou o carcereiro os levou para casa que ficava no mesmo complexo prisional e lá permaneceram ou eles retornaram para a cela.

Terminou, então, o nosso diálogo sobre esta questão.

Você pode e deve desejar e orar que sua família seja alcançada pelo Evangelho do Reino.

Sua fé em Jesus pode e deve abrir uma porta para que a pregação da Palavra de Deus alcance a sua família.

Você pode e deve ser instrumento de Deus para levar o Evangelho a eles.

Mas pelo o que Bíblia nos mostra, você individualmente crer em Jesus não faz automaticamente que sua família também creia, nem o versículo pode ser tomado como promessa disto.

E para você, Atos 16:31 é uma promessa para você e sua família? Comente abaixo e compartilhe com seus amigos. 🙂

Que o Senhor te abençoe e te guarde! Que Ele te conduza e governe a sua vida! Você e sua família têm acesso!

3.5 (70%) 2 votos

Aprenda em Estudo GRATUITO Como RENOVAR SUA VIDA ESPIRITUAL Com 3 Princípios Bíblicos SIMPLES e PODEROSOS

Geraldo Augusto

Filho de Deus, amigo do Espírito Santo, discípulo de Cristo, marido, pai, servo, pastor, designer, desenvolvedor e empreendedor digital.

Website: https://vocetemacesso.com.br/

2 Comentários

  1. samuel

    Legal gostei ! Sempre gostei muito deste texto , qualquer pessoa , como o carcereiro pode salvar a si mesmo e ainda , salvar toda sua família . Se assim Deus permitir !
    Como li no artigo , o carcereiro reconheceu primeiramente a autoridade do homem consagrado , e por isso creu . Da mesma forma nos devemos ser .
    Parabéns ! Obrigado !

    • Olá, Samuel! Agradeço por seu comentário.

      Se lermos com atenção, não é necessário manual do pregador ou guia do pregador iniciante para entendermos que a salvação da família chegou porque a Palavra de Deus foi pregada a eles.

      Um abraço,
      Geraldo Augusto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge