A Casa Vazia – Parábolas de Jesus

Em contribuição ao blog The Pescador, escrevi um artigo devocional sobre a casa vazia, uma parábola de Jesus.

No devocional, começo falando sobre como é bom encontrarmos nossa casa limpa, arrumada, um local digno de chamarmos de lar. Na sequência, convido a imaginar que ela só está assim, porque o antigo morador foi expulso, pois a casa era suja, bagunçada e com a mobília quebrada.

Depois, alerto sobre o perigo da casa permanecer vazia e também da importância da casa ser preenchida.

Confira o devocional “A Casa Vazia – Parábolas de Jesus” abaixo.

A Casa Vazia

A Casa Vazia – Parábola de Jesus

Como é bom chegar em casa e encontrá-la limpa e arrumada. Dá uma ótima sensação de bem-estar, não é mesmo? Afinal, não há lugar na terra como o nosso lar.

Imagina uma casa assim, limpa, arrumada, com mobília e objetos de decoração e eletrodomésticos em ordem. Como dizem por aí, pronta para morar. Esta casa está pronta para ser transformada em um lar.

Agora imagina esta mesma casa só está neste ótimo estado porque ela foi restaurada. O último morador foi expulso da casa porque ele a estava destruindo, quebrando móveis, deixando um rastro de sujeira, na cozinha, na sala, no banheiro, no quarto…

“- Mas que morador descuidado e desrespeitoso!”, poderíamos pensar.

“- Que bom que ele foi expulso e a casa pode ser restaurada, limpa e arrumada!”, exclamaríamos.

Jesus conta uma parábola a respeito disto.

Mateus 12.43-45
43 Quando o espírito imundo sai do homem, anda por lugares áridos procurando repouso, porém não encontra.
44 Por isso, diz: Voltarei para minha casa donde saí. E, tendo voltado, a encontra vazia, varrida e ornamentada.
45 Então, vai e leva consigo outros sete espíritos, piores do que ele, e, entrando, habitam ali; e o último estado daquele homem torna-se pior do que o primeiro. Assim também acontecerá a esta geração perversa.

O Perigo da Casa Vazia

Continue imaginando… Esta casa foi restaurada, após a expulsão do péssimo morador, mas o proprietário não a pôs à disposição para um novo morador, a casa está vazia

“- Mas que desperdício com tanta gente precisando de uma habitação!”, diríamos nós.

Ainda usando de imaginação, pense que o antigo morador, aquele que transformou a casa em um local sujo, bagunçado e destruído, andou por diversos lugares, mas não conseguiu moradia.

Neste tempo de busca por uma nova moradia, o antigo morador reencontra sete familiares ou amigos, muito mais bagunceiros e destruidores do que ele mesmo.

E, então, ele tem a brilhante ideia de retornar à antiga casa e ver se ela ainda está vazia para tentar fazê-la novamente de moradia. Moradia não apenas dele, mas agora com os outros sete que ele reencontrou pelo caminho.

Para alegria do antigo morador, a casa está vazia e então ele pôde retornar a ela, fazê-la de moradia, junto aos outros sete, muito piores do que ele.

Aprenda em Estudo GRATUITO Como RENOVAR SUA VIDA ESPIRITUAL Com 3 Princípios Bíblicos SIMPLES e PODEROSOS

Seria o caos para aquela casa, não é mesmo? Foi isto que Jesus estava mostrando, através desta parábola da casa vazia.

Quando um espírito imundo sai da vida de uma pessoa e esta vida é limpa, arrumada e restaurada, ela precisa ser prontamente habitada. Esta vida precisa ser habitada pelo Espírito Santo, o melhor dos moradores.

Do contrário, com a “casa vazia”, esta pessoa fica sujeita a uma destruição sem precedentes em sua vida.

A Palavra de Deus nos ressalta algo interessante em Salmos 42:7 quando afirma que “um abismo chama outro abismo”.

Sem o Espírito de Deus para governar a vida, a vida pecaminosa recomeça e a pessoa entra em um abismo. Este pecado acaba por conduzir a outro pecado, que conduz a outro pecado e, então, um abismo chama outro abismo.

Mas tem como isto tudo ser diferente. A casa que fora limpa, arrumada e restaurada pode ter o melhor dos habitantes.

A Importância da Casa Preenchida

É importante entregarmos o controle das nossas vidas inteiramente ao Senhor.

E um estilo de vida de quem se relaciona com Deus é fundamental neste processo.

Em meio a esta correria a que somos expostos ou a que nós mesmos nos expomos, precisamos priorizar o relacionamento com nosso Pai.

Para isso, um tempo a sós com Deus é fundamental. Priorizar este momento é o grande diferencial.

Andar na presença de Deus, sermos habitação do Espírito Santo é o que garantirá que o antigo morador não encontre oportunidade de novamente habitar e muito menos com mais sete espíritos.

E o melhor de tudo é que o Senhor nos escolheu para habitação.

1 Coríntios 3:16
Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?

1 Coríntios 6:19
Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?

E aí, vai deixar a casa suja, bagunçada e destruída? Vai deixar a casa limpa, arrumada e restaurada, mas vazia?

Ou você será morada de Deus?

Que o Senhor te abençoe e te guarde! Que Ele te conduza e governe sua vida! Você tem acesso!

 

* Texto publicado originalmente no blog The Pescador

Avalie este artigo

Aprenda em Estudo GRATUITO Como RENOVAR SUA VIDA ESPIRITUAL Com 3 Princípios Bíblicos SIMPLES e PODEROSOS

Geraldo Augusto

Filho de Deus, amigo do Espírito Santo, discípulo de Cristo, marido, pai, servo, pastor, designer, desenvolvedor e empreendedor digital.

Website: http://vocetemacesso.com.br/